Periódicos

Print
Bíblia nº8
AA.VV.
Editor: Tiago Gomes
Colaborações de Edgar Massul, Miguel Carrilho, Fernando Guerreiro, Lijia Kolovrat, M. Parissy, Carlos Leite, Rita Magalhães Barros, Rafael Dionísio, Ricardo Milne, Paulo Abreu, José Luís Peixoto, Tiago Gomes, Miguel Bernardo, Alberto Cinza, Fernando Guerreiro, Raul Galvez, White Water Design, Eugenia Aravantinov, António S. Oliveira, A. Da Silva O., António José Lopes, Paulo Carmo, Rafael Gouveia, Playing Beauty, Rui Pinheiro, Nuno Rebocho, Gilberto Gouveia, Lulu Lolo, Miguel Moore Matos, Dast, Stefano Zattara e Rui Rasquinho.
Foto da capa Yves dos Santos.

Design de White Water Design (João Cracel e Vanessa Ribeiro).
Bíblia
Tiago Gomes
26X20cm
64 páginas
sem informação (entre 1000 e 2500 exemplares)
2000
(Março)
Lisboa
não tem
Offset. Capa a cores, miolo impresso a preto. Páginas agrafadas.
A Bíblia é uma revista aperiódica que se caracteriza pela diversidade de conteúdos e abordagens heterogéneas, assim como pela escolha abrangente de colaboradores, das mais diversas áreas como literatura, design, artes visuais, música, etc.
O editorial explica que este número da Bíblia foi feito e lançado em simultâneo com o número 9, “o irmão gémeo”.

Este número inclui :

Projectos gráficos e imagens de Edgar Massul “O Projecto fome: Nações Unidas”; Miguel Carrilho; Lijia Kolovrat; Rita Magalhães Barros; Ricardo Milne “Devine, amazing story of the future”; Paulo Abreu “ New York, New York” (vídeo stills), “Universidade Clónica de Lisboa” ; Miguel Bernardo “It’s now or never!”; Raul Galvez; White Water Design “O Tempo ainda não Terminou”; Eugenia Aravantinov; Paulo Carmo; Rafael Gouveia “Power is fun”; Playing Beauty; Rui Pinheiro; Lulu Lolo “The adventures of Insect Exótica Lulu Lolo” e “Chapter one: it all began with a bite on the neck”; Dast.

Bandas-desenhadas de António José Lopes “Censurado”; Stefano Zattara “Convict’s Paradise – Good night Nagasaki Doll”; Rui Rasquinho “El Kiko impermeabile el Jéco impossible”.

Textos e poemas de Fernando Guerreiro “Snob”; M. Parissy “O Mundo agora” e “Danças”; Carlos Leite “Estilhaços” e “Scanner”; José Luís Peixoto “Traição”, “Mau Tempo”, “Maternidade” e “Miau”; Tiago Gomes “Xuto literário”, três poemas “sem título”, “A orquestra desafinada”, “Bairro Velho” e “Le poete et la Coquette”; Alberto Cinza “Amo”; Fernando Guerreiro “Telefone por Telefone”; António S. Oliveira e A. Da Silva O. “O anjo finissecular” e “It’s a Sony”; Nuno Rebocho; Gilberto Gouveia “O homem cortado aos pedaços durante uma operação”; Miguel Moore Matos “Este ano houve batalha campal” e “Deo Gratias em tons Romanos”.

Teste americano com 14 perguntas, “Descubra o fascista que há em si” por Rafael Dionísio.
Este número da Bíblia pode ser consultado na Biblioteca Nacional de Portugal e na Biblioteca da Fund. Calouste Gulbenkian, Lisboa.
id