Periódicos

Imprimir
Bíblia nº13 – I Love NY
AA.VV.
Editor: Tiago Gomes
Colaborações de Manuel de Freitas, Nuno Cera, Fernando Guerreiro, Jan Rothuizen, Luísa Ferreira, Adília Lopes, Juan Domingo, Sónia Ferreira, Ana de Almeida, Rui Pedro, Mariana Viegas, Amor com Amor se paga, Teresa Câmara Pestana, Miguel Clara Vasconcelos, Luís Chaves, Pedro Zamith, André Brinco, Ben Lawley, Luís Lázaro, Fernando Aguiar, Tiago Gomes, António José Lopes, António S. Oliveira, Edgar Massul, Patrícia Almeida, José Luís Peixoto, João Morais, Fernando Ribeiro, Daniel Makosch, Silvain Gerrand, Miguel Moore Matos, Rafael Gouveia, Budha, Óscar Mora e Xavier Montsalvatge.

Design de Tó Trips.
Bíblia
Tiago Gomes
26X20cm
64 páginas
sem informação (entre 2500 e 1000 exemplares)
2001
Lisboa
não tem
Offset. Capa a cores, miolo impresso a preto. Páginas agrafadas.
A Bíblia é uma revista aperiódica que se caracteriza pela diversidade de conteúdos e abordagens heterogéneas, assim como pela escolha abrangente de colaboradores, das mais diversas áreas como literatura, design, artes visuais, música, etc.

Tó Trips concebeu uma edição que funciona com duas capas (não há frente nem verso) e cuja leitura se inverte no centro do miolo.
Assim, este volume tem dois editorais. Um explica que este número foi concebido “ao som do último disco dos Anthrax”, o outro explicita que a revista é também fruto de “as recentes trocas terroristas entre Big Ladren e George Busha, pusemos mãos à obra em mais um amotinado de papel que como podem reparar está um pouco virado para a Geo-Política actual.”
Menciona ainda as razões da escolha de Tó Trips para fazer o artwork “por ser um velho amigo da casa e membro fundador da Associação Portuguesa de Altos Malucos e reitor honoris causa da U.I.V.A – Universidade de Iniciação à Vadiagem”.
Em ambos os textos há um agradecimento aos apoios – de fiéis leitores e amigos - que possibilitaram a produção da revista.

Textos de Fernando Guerreiro “Miúdos-Postais Rasgados”; Rui Pedro “Sermão - pensar no futuro é o único futuro que nos resta”; Miguel Clara Vasconcelos “Trabalho na Fronteira”; José Luís Peixoto “Monólogo do adolescente que fumou um charro e quase saltou de um terceiro andar”; Fernando Aguiar “Sonho de uma noite de verão”, “Outono Bizarro” e “imponderabilidade”;

Poemas de Manuel de Freitas “O Futuro é já aqui, uma tese para a filosofia da escória”; Adília Lopes “Pai, Papão, Papa, Papá”, Antes de Tudo” e “Hector Malot”; António S. Oliveira “Canto revolucionário”; Tiago Gomes; Rafael Gouveia “Reflexo da Meseta, ao longe” e “On the train do A’dar”, Luís Chaves “Cidade”, “Luz”, “Marmeleiro” e “Dançamos” .

Fotografias de Nuno Cera, Jan Rothuizen, Luísa Ferreira, Mariana Viegas “The DJ in God”, Jan Rothuizen “Super Mother Fucker”, Patrícia Almeida, Luís Ferreira.

Projectos gráficos de Juan Domingo “...y a los anos todos calvos”, Ana de Almeida em colaboração com Sónia Ferreira, Luís Chaves, Ben Lawley, Xavier Montsalvatge, Luís Lázaro “Dirty Jobs”, Edgar Massul “New York City 2006”, Fernando Ribeiro em colaboração com Luís Salgado “Paisagem Medieval in cold blood”, Miguel Moore Matos, Budha “Stillartvideo videopoetry”, Jan Rothuizen (imagens das torres gémeas em N.Y.).

Banda-desenhada de Teresa Câmara Pestana “The Cosmic Slag unplugged”, Silvain Gerrand, André Brinco e desenhos de Pedro Zamith.

Publicidade de Amor com Amor se paga para uma t-shirt com a inscrição “Eu não leio o Pacheco Pereira”.
Cópia do certificado atribuído a Tiago Gomes pelo 1º Festival Internacional d’Investigatió Artística de València – Observatori 2000 – com o título universal de artista.
Anúncio dos artistas seleccionados pelo concurso Jovens Criadores 2001, encontramos o nome de Carlos Bunga, Catarina Campino, Maria do Mar Fazenda, entre outros.
Este número encontra-se disponível para consulta na Biblioteca Calouste Gulbenkian, Lisboa
id
date time
2014-11-04 11:23:42