Periódicos

Print
Bíblia nº26 – África
AA.VV.
Editor: Tiago Gomes
Colaborações de Rui Pedro, Marta Lança, Nuno Moura, Paulo Bernardino Ribeiro, Fernando Aguiar, Simone de Mello, Cláudio Parentela, Sérgio Monteiro de Almeida, Ângelo Ferreira de Sousa, João Bucho, Leonel Moura, Angel Lhosvanny e Tó Simões, Paulo Pimenta, Popa, Masoud Kipanya, Kijasti, Massoud Júnior, King Kinya, Micky Júnior, Fred Halla, Swava Harasymowicz, Godfried Donkor, Pamela Román Becerra, Fernando Baena, Teresa Câmara Pestana, Serrado, Gonçalo Mabunda, Victor Ekpuk, Ana Luíza Bouza da Costa, Paulo Fernandes, Manuel Almeida e Sousa, Joaquín Gómez.

Design de Ana Teixeira.
Bíblia
Tiago Gomes
26X20cm
50 páginas
sem informação (entre 1000 e 2500 exemplares)
2006
(Outubro)
Lisboa
não tem
Offset. Capa e miolo impresso a preto. Páginas agrafadas.
A Bíblia é uma revista aperiódica que se caracteriza pela diversidade de conteúdos e abordagens heterogéneas, assim como pela escolha abrangente de colaboradores, das mais diversas áreas como literatura, design, artes visuais, música, etc.

O editorial explica que este número da Bíblia é “dedicado a África e tem a participação de autores portugueses, santomenses, angolanos, brasileiros, nigerianos, tanzanianos, ganeses e espanhóis.”

Projectos, desenhos e caricaturas de Cláudio Parentela; Sérgio Monteiro de Almeida; Ângelo Ferreira de Sousa “Mapa”; João Bucho “African Delegation”; Leonel Moura; Angel Lhosvanny e Tó Simões “A cidade tensa”; Paulo Pimenta “Falta água” e “Culto do corpo”; Popa“New Osama’s vídeo”; Masoud Kipanya Kijasti; Massoud Júnior; King Kinya; Micky Júnior; Fred Halla; Swava Harasymowicz “Strongman”; Godfried Donkor “Flash”, “African Vogue I” e “African VogueII”; Pamela Román Becerra “Chamanes Liviano” e “La locura”; Fernando Baena “Polizón”; Teresa Câmara Pestana “África: futuro post mortem?”; Serrado “Ruanda”; Gonçalo Mabunda “Cadeira”; Victor Ekpuk “Prisoner of conscience”; Ana Luíza Bouza da Costa; Paulo Fernandes; Manuel Almeida e Sousa; Joaquín Gómez.

Textos e poemas de Rui Pedro “Áf, a rica, Áf, a pobre”; Marta Lança “A cidade tensa”; Nuno Moura “U2 VS Capitão África”; Paulo Bernardino Ribeiro “Chegam agora os ciganos para a apanha do tomate”; Fernando Aguiar “Traços de luz” e “A consciência do provérbio”; Simone de Mello “à Csínia”.
Este número encontra-se disponível para consulta na Biblioteca Calouste Gulbenkian, Lisboa.
id