Periódicos

Print
Obra de Papel 15/24
António Olaio
Curadoria de Gabriela Vaz Pinheiro, projecto integrado no (OFF)ciclo: Novas Linguagens e Espaço Público.
CEC 2012
Fund. Cidade de Guimarães
40,5X27,8 cm
12 páginas (incluindo capa)
5.000 Exemplares
Lançamento da colecção completa “obra de papel”, com uma tiragem de 150 exemplares numerados e assinados numa caixa própria.
2012
Guimarães
não tem
Off-set duas cores (preto/vermelho), folhas encasadas.
Este é o décimo quinto número de uma colecção de 24.
A legenda no verso da última folha explicita: “Montagens a partir de imagens de pinturas e frames de vídeos realizados entre 2000 e 2011, numa relação de escalas livre, independentemente da escala dos objectos originais.”
Exceptuando as duas últimas, todas as páginas estão organizadas a partir de uma cercadura ou moldura vermelha e de uma estrutura que parece ser ser uma caixa, como se pudesse simular um trompe l’oeil:
- no bordo superior da página vemos o corpo (a partir dos ombros) de um personagem com uma capa, que se encontra de pé em cima de uma cadeira; tal como um mágico, o personagem parece usar a capa como elemento dramático para apresentar as imagens.
- Em cada folha, encontramos frases escritas originalmente em inglês, impressas em letras capitas e a vermelho. Citamos:
- I’m just another brain in the country; just another brain; just one more brain; 2 brains in the ground; 3 brains in the trees; 4 brains I have found; covered up with bumblebees; a thousand brains in the grass; blowing up like balloons.
- No bordo inferior da página encontram-se imagens ou reproduções de pinturas, fotografias e vídeo-stills.
- A última página reproduz apenas o esquema compositivo com a cercadura vermelha e a forma da caixa (que aqui se encontra vazia).
Passo a citar um fragmento do documento divulgado pela CEC 2012: “A sua disseminação ainda no período anterior à CEC tem por objectivo cumprir uma das funções associadas ao conceito chave do programa “Novas linguagens”, contribuindo para uma familiarização com a imagem da obra de arte impressa (...). A Obra de Papel é um suporte, tipo jornal, entregue aos artistas para intervencionarem artisticamente como múltiplo, convidando-os a reformular trabalho existente ou a criar trabalho especificamente para este projecto, produzindo uma colecção de exemplares exclusiva para a CEC 2012.”
A colecção de jornais foi enviada gratuitamente por correio para um grande número de pessoas (razão pela qual quase todos os exemplares têm uma dobra); foram ainda distribuídos em espaços como escolas de arte, Museus e centros de arte.

Este número pode ser consultado:
- Biblioteca da Fund. Gulbenkian, Lisboa; Biblioteca da Fundação Serralves, Porto, Portugal.

- CLA - Cabinet du Livre d'Artiste, Universidade Rennes 2, França.

- Proyecto’ ace, Buenos Aires, Argentina.
id