Periódicos

Print
Obra de Papel 12/24
Rita Castro Neves
Curadoria de Gabriela Vaz Pinheiro, projecto integrado no (OFF)ciclo: Novas Linguagens e Espaço Público.
CEC 2012
Fund. Cidade de Guimarães.
40,5X27,8 cm
12 páginas (incluindo capa)
5.000 exemplares.
Lançamento da colecção completa “obra de papel”, com uma tiragem de 150 exemplares numerados e assinados numa caixa própria.
2012
Guimarães
não tem
Off-set duas cores (preto/violeta), folhas encasadas.
Este é o décimo segundo exemplar de uma colecção de 24.
Vemos na capa a imagem de uma porta forrada com jornais e uma típica andorinha de cerâmica das Caldas da Rainha, quando “entramos” ou abrimos o jornal vemos detalhes das colagens e justaposições das folhas de jornal; assim como o rosto de uma mulher em cujos óculos vemos coladas as palavras “see through”.

As legendas no verso da última folha dão as seguintes informações: See through (nas entrelinhas), 2011. Fotografia raw / Pantone 2645 U.
A colagem de palavras recortadas perfaz o seguinte texto na página 10:
Raiva nas urnas subiu em estreia.
Calvário da dívida recusa fazer mais horas extraordinárias e anda mais rápido do que os políticos e mecenas.
Poupança dança e tenta convencer troika de especialistas a fugir com ela.
Problema criptográfico: o pais é meu.
Descolonização procura amigos no facebook e promete “tudo fazer” por 25 milhões de dólares.
Gestão com trabalho facilitado faz razia.
A imagem do país não ganhou um momento de privacidade.
Tarot é um peso incómodo.
Primeiro-ministro quer prevenir confusão e propõe actividades divertidas para toda a família.
Passo a citar um fragmento do documento divulgado pela CEC 2012: “A sua disseminação ainda no período anterior à CEC tem por objectivo cumprir uma das funções associadas ao conceito chave do programa “Novas linguagens”, contribuindo para uma familiarização com a imagem da obra de arte impressa (...). A Obra de Papel é um suporte, tipo jornal, entregue aos artistas para intervencionarem artisticamente como múltiplo, convidando-os a reformular trabalho existente ou a criar trabalho especificamente para este projecto, produzindo uma colecção de exemplares exclusiva para a CEC 2012.”
A colecção de jornais foi enviada gratuitamente por correio para um grande número de pessoas (razão pela qual quase todos os exemplares têm uma dobra); foram ainda distribuídos em espaços como escolas de arte, Museus e centros de arte.

Este número encontra-se disponível para consulta:
- Biblioteca da Fund. Gulbenkian, Lisboa; Biblioteca da Fundação Serralves, Porto, Portugal.

- CLA - Cabinet du Livre d'Artiste, Universidade Rennes 2, França.

- MACBA, Barcelona, Espanha.

- Proyecto’ ace, Buenos Aires, Argentina.
id