Edições

Print
Blue Mud Swamp
Filipe Casaca
Texto de Mingyu Wu
Design de Ana Fatia
Filipe Casaca
Gallery Pente 10/Fotografia contemporânea
31,4x23,7cm
56 páginas + Booklet com 8 páginas
300 exemplares assinados
2012
(October)
Lisboa
não tem ; 978-989-97149-1-5
Capa dura forrada a veludo com uma fotografia estampada e tipografia
'Come and see'
And I looked, and behold the pale horse,
and he that sat on him was dead.

Blue Mud Swamp. A orla costeira quente e húmida é um “postal” que atrai por si só e convida o Homem a fixar-se onde a terra encontra o Mar Amarelo. A realidade é no entanto dissonante. Apesar de ser rodeada de belezas naturais, de praias e de lugares destinados ao entretenimento, a cidade transmite no seu conjunto uma sensação de artificialidade, para o qual contribuiu a construção desenfreada de infraestruturas associadas a um estilo de vida cosmopolita. Em alguns casos a abundância gerou uma certa degradação e abandono. Com um esplendor que nos remete para um passado recente, paira aqui uma certa melancolia… como acontece em tudo o que era novo, colorido e perfeito, mas que não foi cuidado, perecendo com o passar do tempo. Dalian, China.

(Texto graciosamente cedido por Filipe Casaca a Tipo.PT)
Kiyosato Museum of Photographic Arts (KMoPA); Kiyosato, Japan

Booklet Press; Tokyo, Japan

Indie Photobook Library; Washington, USA

The Library Project - Photo Ireland; Dublin, Ireland

Photobook Show; Brighton, UK

The Asia-Pacific Photobook Archive; Melbourne, Austrália

Biblioteca da Fundação Gulbenkian, Lisboa
id