Edições

Imprimir
Diário I
Isabel Baraona
Isabel Baraona
18X24 cm
cerca de 88 páginas (número variável) + 2 encartes
500 exemplares
(mas apenas foram pintados e divulgados cerca de 450 exemplares)
2011
Cascais
324672/11 ; não tem
off-set, 1 cor (azul). Folhas coladas à lombada. Diversas páginas são intervencionadas: pintadas a caneta de feltro ou com palavras escritas, carimbadas, rasgadas, colagens ou recortes, etc. Encartes agrafados e cosidos.
“Diário” é um pequeno livro elaborado e organizado essencialmente a partir da selecção de um conjunto de auto-retratos desenhados diariamente durante alguns meses. Paralelamente a esta prática diária de desenho de observação foi pensada uma colecção de carimbos, representações sintéticas de elementos presentes em várias séries de desenho ao longo dos últimos anos. Os pequenos personagens carimbados vão-se distribuindo pelas folhas sem ordem aparente e, de página para página e de livro para livro, a sua disposição e cor vai sendo alterada tornando cada edição num exemplar único.
Ou seja, “Diário” resulta da impressão off-set de uma selecção de desenhos que são complementados e transformados por intervenções manuais posteriores, como colagens. Pretendeu-se criar um objecto que pudesse simular um caderno genuíno, que implicasse uma partilha de intimidade.
Diário contém uma reprodução das páginas 74 e 75 de “O Corpo enquanto arte” de Don DeLillo ( Lisboa, Relógio de água, 2001).

(Texto graciosamente cedido por Isabel Baraona a Tipo.pt)
A documentação fotográfica aqui apresentada foi gentilmente cedida por Patrícia Almeida.

O livro encontra-se disponível para consulta:
- Biblioteca da Fundação Calouste Gulbenkian e na Biblioteca Nacional, em Lisboa; na Escola Sup. de Artes e Design das Caldas da Rainha.

- CLA - Cabinet du livre d’Artiste, Universidade Rennes 2, França.
id
date time
2013-02-25 17:25:32