Edições

Imprimir
Bad Liver and a Broken Heart
São Trindade
Design Léo Favier
GHOST
27X20 cm
28 páginas
300 exemplares
2012
(Novembro)
Lisboa
não tem
Riso, uma cor (preto), impresso em papel munken. Capa mole, folhas encasadas.
Bad Liver and a Broken Heart é o primeiro livro de fotografias da artista São Trindade, e foi intitulado a partir de uma música de Tom Waits:

Well I got a bad liver and broken heart, Yeah, I drunk me a river since you tore me apart (…).

Trindade é o assunto das suas próprias fotografias, em imagens texturadas com grão a preto e branco, retrata-se em poses encenadas; desmaiada, caída ao acaso num canto, semi-despida. Todavia, tendo apenas o título como pista de interpretação para estas imagens, este é um projecto que pode ser visto como ligeiramente absurdo. (...) há, implicitamente, uma estória não integralmente narrada, cheia de humor e tristeza. Imitando o estilo das imagens de crimes feitas pelo fotógrafo Weegee, as fotografias são escuras, iluminadas com o brilho do flash, o que amplia a sensação de ser uma análise post-mortem, um documento forense.

(tradução livre de um fragmento do texto fornecido pelos editores David-Alexandre Guéniot e Patrícia Almeida)
id
date time
2013-02-25 17:59:02